Breve interrupção no conceito de férias

Esta semana não tem havido muita actividade por aqui, mas tudo por um bom motivo… Férias!

Sou daquelas pessoas que não suporta a ideia de tirar um dia de férias para ficar em casa, às vezes lá acontece uma vez quando consigo tirar três semanas de férias. Mas isso não foi o que aconteceu no verão de 2013 e não vai acontecer novamente no verão de 2014.

Assim, quando ontem o S. Pedro me resolveu tramar o dia de praia, posso dizer que fiquei com a neura, 5 dias de férias, e tinha mesmo de estar um dia de inverno em pleno 31 de julho?! [*supostamente o melhor dia para casar]

Depois de “gastar” a manhã com a Seixo [*tratar de encomendas, envio de almofadas pelo correio e entregas em mão] resolvi que, já que o S. Pedro não ia aceder às minhas preces e dar tréguas no que respeita ao tempo nublado, se calhar era dia de arrumar o escritório, coisa que vinha a adiar há meses.

Decidi que com música era mais fácil, e por preguiça não fui aos cd da sala, peguei naqueles da minha adolescência e voila lá… o primeiro a tocar foi este:
Belas recordações da minha adolescência ao som destes meninos
Depois mexe e remexe nas gavetas, deita fora o que não presta, arruma o que está fora do lugar, e encontra tesouros preciosos [*depois deste post, parece que foi coisa dos céus]

Aprendi a ler e escrever por aqui
No final, posso dizer que olhei orgulhosa para o meu escritório e não é que já parece outro. Precisa de uns toques na decoração e que o torne mais funcional, mas valeu o esforço.


À noite acho que era merecido o descanso do guerreiro [*o escritório parecia um campo de batalha sim!], e por isso limitei-me a isto:
O meu momento Zen

1 comentário

  1. Adorei o cd...também tive um cd deles!! Ai adolescência :) Belos tempos!

    ResponderEliminar