Santiago de Compostela | Preparativos

Em Agosto quando, quando tive de repensar as minhas férias, surgiu a ideia de Santiago de Compostela, e quando se tornou uma realidade foi preciso começar a prepará-la.

1º - Pesquisa na Internet sobre os “Caminhos de Santiago”
Comecei por colocar “Caminhos Santiago” no google e rapidamente imensos resultados foram devolvidos, na verdade não tinha ideia do que os Caminhos de Santiago representam no mundo. Assim reduzi um pouco a buscar para “Caminho Português de Santiago” e ai encontrei muito menos informação, e para o que pretendia era o ideal, mas de qualquer forma foi preciso filtrar a informação encontrada, e escolher aquela que seria a mais importante para traçar este Caminho. Nesta primeira fase contei também com a ajuda da P. [*queria ter partilhado este caminho com ela, mas nem sempre os timmings são os ideais]

Aqui ficam os sites eleitos:
Para “Os Preparativos” e “O Caminho”

Ajuda a orientar o material a levar na mochila e tem uma lista actualizada de albergues

Tem o detalhe do caminho português, das etapas, das distâncias e pontos de interesse

Imprimi estes guias:



E o J. comprou ainda o Livro “Caminho Português de Santiago” de Carlos Carneiro e Jorge Vassallo, que mesmo sendo para peregrino de bicicleta, foi uma ajuda fundamental ao longo do caminho.

Toda a informação "útil" é importante

2º - Credencial do Peregrino
O pedido das credenciais foi feito online no site da Associação Espaço Jacobeu 
Este pedido é feito de forma simples após o preenchimento do formulário online e o pagamento via transferência bancária do montante indicado. É nos dito que o envio das credenciais é feito dentro de 5 dias úteis, mas as minhas em 24horas estavam na minha caixa do correio [*foi uma alegria imensa quando as vi]

“A Credencial do Peregrino é um documento que identifica o Peregrino no Caminho quando em apresentação conjunta com o Documento Legal de Identificação Pessoal. Tem como finalidades básicas: o acesso aos Albergues de Peregrinos; solicitar a “Compostela” na Oficina do Peregrino, em Santiago de Compostela (salienta-se que a “Compostela” apenas é concedida a quem efetua a Peregrinação com sentido cristão devotionis affectu, voti vel pietatis causa, ou ainda numa atitude de busca espiritual. A “Compostela” é atribuída a quem percorra, pelo menos, os últimos 100 km a pé ou a cavalo, ou os últimos 200 km em bicicleta até ao Túmulo do Apóstolo São Tiago” in Associação Espaço Jacobeu

A minha melhor amiga durante o Caminho

3º - Mochila “a casa às costas”
Uma peregrinação a pé e sem carro de apoio tem de ser muito bem planeada, e o mais importante é em dúvida aquilo que vamos levar nas nossas costas. Assim a minha lista de material foi esta:

[♥] À mão
Chapéu
Óculos de sol
Protector solar
Lanterna pequena
Bolsa de cintura
Documentos pessoais
Telemóvel e respetivo carregador
Canivete
Garrafa de água de plástico

[♥] Mochila grande (30L)
Saco-cama
Capa da Chuva
Sapatos extra
Chinelos
Polar
Calças/ Calções
T-Shirt
Cuecas e Soutien Desporto
Meias de caminhada
Toalha banho super leve
Sabão - lavar a roupa
Alfinete de Dama | Grandes para substituir molas

[♥] Higiene Pessoal
Escova do cabelo
Escova de dentes
Pasta de dentes
Champô e amaciador
Gel duche ou sabonete
Papel higiénico (nem sequer é preciso levar um rolo inteiro)

[♥] Primeiros socorros
Fita anti-bolha
Pensos para bolhas e feridas
Medicamentos vários
Pomada para dores musculares
Vaselina
Discos desmaquilhantes/ algodão
Agulha e linha
Tesoura
Pinça

[♥] O que levei mas hoje já não levava
Copo para pendurar na mochila
Pareo
Prato e Talheres: garfo + colher

A regra diz que não devemos ultrapassar os 10% do nosso peso, porque 0,5kg pode não parecer muito em casa mas ao fim de 10km a pé, já podem significar mais 5kg às costas. A minha mochila devia pesar 5,5kg, mas não consegui menos de 6,5kg. Aguentei bem este peso às costas, e nem por uma única vez ao longo do caminho as costas me doeram.
[*Ainda assim, não levei uma muda de roupa para cada dia, levei 3 peças de cada e lavei roupa praticamente todos os dias]

A minha mochila

4º O Caminho
Com base nas pesquisas traçamos um caminho, e definimos as etapas desse caminho. Sabíamos que iríamos enfrentar uma etapa de 32km logo na saída e que a última era de 25km, naquele que seria o esforço final para alcançar a Catedral de Santiago de Compostela antes das 12h para assistirmos à Missa do Peregrino.
Na realidade traçamos este Caminho para ser feito em 5 etapas, mas a história não foi bem assim… Agora feitas as contas ao Caminho, acho que o importante é saber onde existem albergues, porque o Caminho é aquele que planeamos, as etapas é que podem não ser.

Caminhante, não há caminho, faz-se caminho ao andar" (António Machado)




Sem comentários