Foxcatcher

Na última ida ao cinema estava na dúvida se ia ver o "Foxcatcher" ou o "Invencível", curiosamente dois filmes que retratam a história de atletas olímpicos, por isso na dúvida entre um e outro a escolha acabou por recair sobre "Foxcatcher" que de acordo com o que circulava na opinião pública era um candidato aos Óscares [*foi antes de se saberem os nomeados].

O argumento baseia-se numa história real, a dos irmãos Schultz ambos atletas olímpicos medalhados na luta livre e a sua caminhada para mais uma participação nos Jogos Olímpicos com o apoio do multimilionário John du Pont. [*se não conhecem a história e querem ver o filme não vale ir espreitar o que aconteceu na internet senão perde a piada toda]

Depois de ver o filme e na minha humilde opinião de espectadora  e apesar de considerar que as interpretações de Steve Carrel [*não estava habituada a vê-lo neste tipo de papel, mas saiu-se muito bem], Mark Ruffalo [*por quem já tenho um carinho especial enquanto ator] e a de Channing Tatum são boas, penso que o argumento podia ter sido melhor adaptado, o filme é muito parado, escuro, não puxa minimamente por mim e tive momentos que quase adormeci e foi o balde de pipocas que me salvou!

Ou seja, acho que foi uma má escolha e arrependi-me de não ter escolhido o "Invencível" mas se calhar sou eu que não percebo nada de cinema, porque depois de ver as nomeações para os Óscares pelos vistos o filme é top para a Academia!

Se quiserem arriscar força, eu deste lado não aconselho!





Sem comentários