...o resto a vida encarrega-se de trazer

Mil coisas a fervilhar em mim ao mesmo tempo, uma enorme vontade de fazer tanta coisa, e a percepção de que é impossível chegar a tanto lado… A mente ocupasse do importante e tantas vezes das coisas sem importância e rouba-me o espaço que preciso para me organizar. E assim deixo-me ir no andar dos dias, sem saber muito bem como vai acabar, onde vou chegar!

Sou organizada e sinto que ando desorganizada com tanta coisa, que anda a acontecer ao mesmo tempo, e por isso ontem permiti-me a parar enquanto o sol descia… a frase de uns amigos fez-me sentido ali a olhar para mais um final de dia… “haja saúde” [*o resto a vida encarrega-se de trazer].



Todos os dias são meros recomeços, o importante é querer recomeçar, nunca parar e eu não paro, não sei parar… [*mas só para garantir que tudo melhora um pouco, já estive a entretanto a actualizar o meu calendário Google, só para o caso].

Sem comentários