Duro porque é demasiado verdadeiro...

É daqueles anúncios em que não precisas de saber falar o idioma para perceberes claramente qual é a mensagem!


Eu como madalena arrependida que sou não pude deixar de soltar uma lágrima, é duro porque é demasiado verdadeiro, é duro porque nós faz pensar as nossas prioridades tantas vezes invertidas, é duro porque somos ases a encontrar desculpas pois se não for hoje é amanhã, ou depois e depois e em boa verdade depois nunca temos tempo até ao dia em que a morte nos junta.

Sei do que falo, sei que as vezes estamos anos, meses, semanas sem ver alguém sempre com uma desculpa qualquer, mas quando chega o último dia de um ente querido estamos lá!

No dia em que o meu avô faleceu, em vésperas de Natal, estivemos juntas, e combinamos nesse dia fazer um jantar, passaram-se quase 3 anos, o jantar nunca aconteceu e desde esse dia juntamos-nos as 4 uma única vez, no dia do funeral da avó de uma de nós, não faltamos para dar força aquela que mais precisava, não houve desculpas nesse dia Porque?! Afinal nada é mais importante do que aqueles que precisam de nós.

Agora só espero que nenhuma desculpa nos impeça de nos sentarmos à mesa, as 4, este domingo, para desta vez para em conjunto celebrarmos não aquilo que já não podemos mudar mas sim celebrar a vida, a amizade e o nosso tempo!








Sem comentários