O melhor acontece quando?!

Ainda na onda dos anúncios de Natal.

Se tivesse de escolher um português seria este da Vodafone.


Confesso que neste a leitura não foi imediata, constatei inicialmente que era uma família separada pela distância e só numa segunda visualização é que percebi que esta separação se devia a decisões de adultos.
Como filha de pais separados percebo bem o que motiva aquelas crianças a tentar fazer o que está a seu alcance para ver a família unida numa data que é para muitos tão especial.
Eu lembro-me bem do primeiro ano que a minha mãe não passou connosco a noite do dia 24, tenho a memória de que essa noite me custou muito, faltava uma parte de nós. Felizmente os meus adultos souberam ultrapassar os obstáculos da vida e nunca me puseram nem a mim nem ao meu irmão no centro de um campo de batalha [como dou graças a Deus por isso] e hoje estamos os 4 juntos à mesa de Natal no dia 24 com toda a família do meu pai, assim como nos dias de aniversário e nos dias de festa.
Mesmo separados somos uma família, afinal "O melhor acontece quando nos unimos".

Sem comentários