Três livros que inspiram

Nos últimos meses voltei a fazer uma coisa que tanto gosto... Ler.


Um dos escolhidos foi a "Rapariga no comboio" de Paula Hawkins do qual já aqui falei mas impulsionada pela febre do running li mais 3 livros:

"Correr para emagrecer" de Pedro Almeida do Treino em Casa
Um livro ao qual o título não faz jus pois não creio que ninguém leia o livro com o intuito de emagrecer. O livro escrito numa linguagem simples é um excelente guia para quem quer começar a correr, posso dizer que no meu caso respondeu-me a simples dúvidas que tinha tanto no que respeita ao como me preparar para correr, que cuidados a ter na alimentação, que limites devemos observar na pratica do desporto e ainda formas simples de nós motivarmos para sair para a rua.
"não vale a pena correr só porque é moda ou porque os seus amigos o fazem. se não gostar, mais cedo ou mais tarde acabará por desistir"






"Dieta das Princesas" de Catarina Beato autora do blog Dias de uma Princesa
Confesso que o livro já morava na minha prateleira há mais de um ano mas ainda não tinha encontrado uma motivação para o ler. Este livro não é um guia para fazer dieta é sim um relato pessoal e inspirador para uma grande mudança, para um encontro connosco e com o nosso corpo. Valeu para mim acima de tudo pela explicação da fome-para-acalmar, um mal do qual tanto sofro e com o qual me é tão difícil de lidar.
"Nesta questão emocional, o principal problema são as noites. Quando a casa fica em silêncio, quando as rotinas do dia terminam, quando fico apenas eu, comigo mesma. Nesses momentos, quando o tempo permitia parar para pensar, quando era possível descansar, tinha uma fome imensa. Não é o tipo de fome que nos leva a comer o bolo mais bonito da pastelaria ou o nosso prato preferido, não é a fome que nos obriga a repetir o puré de batata-doce com língua de vaca estufada ou a fazer panquecas e enchê-las de doce de abóbora. É uma fome que passa com qualquer porcaria desde que comida em grandes quantidades: comer para acalmar."



"Auto-retrato de um escritor enquanto corredor de fundo" de Haruki Murakami
Neste livro o autor partilha como iniciou a sua relação com a corrida, como se tornou corredor de fundo e somos confrontados com a sua experiência enquanto maratonista, ultramaratonista e atleta de triatlo. É um relato inspirador e verdadeiro, sobre a forma como o desporto nos molda e nos faz estar na vida.
Um pensamento que posso tomar como meu...
"Vendo bem, em que penso eu, exactamente, enquanto corro? Para dizer a verdade, não tenho a mínima ideia... Corro, só isso. Corro no vazio."
E uma verdade absoluta
"A dor é inevitável, mas o sofrimento é uma opção"

Sem comentários