Imaginário vs real: O choque?!


Ler um livro é imaginar, é ler as palavras escritas e dentro de nós criar os cenários, desenhar as personagens, construir um mundo mágico que visualmente só existe na nossa cabeça. Por vezes alguns dos livros que lemos dão origem a filmes e, quando isso acontece em regra tenho receio, receio de que o meu imaginário fique comprometido pelo imaginário de outros.

Confesso que já por algumas vezes não consegui ver o filme por essa diferença ser demasiado grande, por exemplo as "50 sombras de Grey" em que o Mr. Grey em nada se assemelha ao "meu" Mr. Grey mas também já houve um conjunto de filmes em que quase sempre andaram próximo do meu imaginário, os do "Harry Potter".

No entanto hoje ao ligar a televisão, voltei a dar de caras com a imagem daquele personagem que é para mim a melhor adaptação do meu imaginário ao mundo cinematográfico: Joker de o Batman - O Cavaleiro das Trevas, interpretado por Heath Ledger.
Lembro-me de quando vi o filme no cinema ter sofrido um "choque" entre a minha realidade e a realidade que estava ali no grande ecrã, este personagem é igual ao "meu" personagem na sua caracterização mas acima de tudo na sua expressão e interpretação. Tenho a sensação de que continuo a ver e rever este filme só para sentir este choque de realidades.





Sem comentários