Não aguento... Não tolero!

Sobre o dia de ontem um apontamento muito rápido!

Tenho imenso orgulho dos 4.737.514 votantes, que representam 48,84% dos votantes deste país, não posso deixar de destacar algo que deveria ser regra.

Continuo a ter vergonha dos restantes que acham que não tem o dever cívico de contribuir para o destino deste pequeno pedaço de Mundo.
Pior, fico ainda mais indignada com tantos e tantos comentários de "eu não vou votar", "eu não acredito nos políticos" (perderam uma excelente oportunidade de demonstrar isso mesmo quando entre os 10 candidatos havia quem não pertencesse ao sistema político), "para que é que serve?", "tenho mais que fazer porque é o mesmo de sempre". Lamento e continuarei sempre a lamentar quem toma esta posição e não entende o poder de um voto.
E se algum dia me perguntarem se concordo que quem não vota (por opção) deva ser sancionado de alguma forma, direi que sim, sem sombra de dúvida, se não vão lá a bem então que seja a mal (nem que seja para o branco ou nulo).

Só peço é que quem não votou que faça o favor de se manter em silêncio pelos próximos 5 anos, porque sempre que falarem mal do Presidente da República Portuguesa (independentemente de eu ter ou não votado nele) eu vou perguntar se no dia 24 de janeiro de 2016 foram até às urnas e se não foram, lamento, mas a conversa acaba aí!


Sem comentários