O peso na consciência é tramado

Depois do escrever último post em que me rendia ao sofá por mais uns dias, comecei a sentir um enorme peso na consciência.

Porque estava eu a adiar logo que tanto queria fazer?! Atrevo-me a dizer que dormi mesmo mal de 6ª para sábado, porque tenho ideia de que corri a noite toda nos meus sonhos. Por isso assim que acordei no sábado e vi o lindo céu azul lá fora não pensei duas vezes, equipei-me e sai para correr, custou a arrancar porque parecia que as pernas não respondiam e quando cheguei ao km3 já estava em sofrimento e a achar que não era capaz de correr mais depois de 3 semanas completamente parada, mas mentalizei-me que tinha de chegar aos 5 km, e quando cheguei aos 5 pensei que era capaz de ir até aos 6 e quando estava quase a terminar faltavam 400m para os 7km e então não quis que fosse por tão pouco que não ia ver a marca dos 7km no meu nike +. Resultado ao fim de 3 semanas consegui fazer 7km, numa média por km abaixo da que fiz na São Silvestre, e por isso só posso pensar que... Parar é morrer!


Sem comentários