Papas Real... Desta é que foi!

Assumidamente gosto de cozinhar, e ando a tentar fazer algumas mudanças nomeadamente ao pequeno almoço.
Tenho apostado muito nas overnight oats, porque é simples de preparar, faço na noite anterior e de manhã é só tirar o pote do frigorífico. Mas em boa verdade com o frio que se começa a sentir não me apetece tanto, sinto falta daquele conforto matinal que nos dá a comida quente e por isso em algumas manhãs tenho tentado fazer papas de aveia mas tenho andado sempre à volta da básica: aveia, líquido (leite de coco), canela, limão e mel. (e começo a ficar com medo de me fartar)

Mas... [há sempre um mas] tinha já algum tempo debaixo de olho o workshop Papas Real, nível 1 da Catarina Beato, autora do blog Dias de uma Princesa, mas nunca pensei em realmente me inscrever até que esta semana na sequência deste post, pensei que estava na hora e não fazia sentido adiar.

Assim domingo de manhã lá estava eu no Hotel Real Palácio pronta para absorver o máximo de informação.
A Catarina Beato foi uma excelente anfitriã fez questão de explicar tudo com imenso pormenor e desmistificar a complexidade que julgava que tinha a preparação de outras papas que não as básicas, falou-nos ainda dos alimentos que podemos usar nas papas e de alguma das suas características e impacto na nossa saúde, das refeições que devemos fazer ao longo do dia e ainda (mesmo que de forma superficial) chamou a atenção para a importância de saber ler os rótulos.

No workshop foram preparadas 3 papas de aveia, que nos foram dadas a provar:
  1. Normais com maça (sem registo fotográfico)
  2. Cenoura com tâmaras
  3. Chocolate (feitas com farinha de alfarroba)

Em resumo qualquer uma das papas de aveia estava divinal, mas curiosamente a minha preferida foi a de cenoura com tâmaras, que pensei em repetir assim que chegasse a casa mas... lá está o mas... quando cheguei lembrei-me que tinha gasto as cenouras todas na sopa do dia anterior.

Se gostas de Papas de Aveia aqui ficam coisas que aprendi e que não vou esquecer:
  • As papas podem ser feitas de véspera e no dia a seguir é só juntar um pouco de liquido e levar a aquecer no microondas;
  • Podem fazer-se papas de aveia para 2/3 dias. É só deixar no frigorifico e depois aquecer no microondas acrescentando líquido;
  • Nunca fazer papas de aveia em que se use como líquido, só água, é meio caminho andado para odiarmos as papas, uma boa hipótese alternativa é utilizar chá de baunilha.
Por fim a Catarina tocou ainda em dois temas que são críticos para mim, e que me faz bem reconhecer e recordar. A "fome para acalmar" de que já falei aqui e a "hora do lobo" da qual nunca tinha ouvido falar, mas que me ataca todos os dias quando chego do trabalho.

Se me perguntarem se gostei do workshop a resposta é sim, se aconselho também direi que sim... Mas agora tenho é de por em prática tudo o que aprendi e inspirar-me por ai!



1 comentário

  1. Fiquei curiosa! Realmente preciso de diversificar o pequeno almoço!
    A ver se exploro mais o assunto e me dás umas dicas :)

    ResponderEliminar