Regresso a Itália (deixei-me ir...)

Embalada pela leitura de “Blink” peguei em um dos livros que comprei na Feira do Livro o mês passado e voltei à leitura.

Confesso que quando comprei o livro não me importou quem era a autora, foquei-me apenas no título, no facto de ter como pano de fundo Itália e mais precisamente a Costa Amalfitana, local onde passei férias no último verão.

O "Regresso a Itália" de Elizabeth Adler, conta-nos a história de uma jovem americana que viveu parte da sua infância em Itália, entre Roma e Amalfi, e que após 2 anos de ter enviuvado, decide procurar respostas para a vida e por isso voltar aos locais onde viveu o verdadeiro sentido da palavra felicidade enquanto ao mesmo tempo tenta decifrar o mistério da morte do seu pai num dia de tempestade.

O enredo é simples, misturando o romance com um pouco de thriller, fazendo-nos ficar presos a cada capítulo. A escrita é leve como um bom romance de verão pede e, tenho quase a certeza que por momentos estava lá outra vez a contemplar aquele mágico por do sol sobre o mar, ou a mergulhar naquelas águas transparentes.

Devorei o livro, e devorei-o acima de tudo pela felicidade que provocou em mim em cada descrição que fazia da “Costiera Amalfitana”, quando de forma sublime descrevia a catedral de Amalfi, um passeio por Capri ou a bela Positano. Por momentos ao ler, lembrei os recantos, as estradas apertadas, as casas nas encostas, o mar azul... Por momentos ao ler senti que era levada de volta a um sítio onde fui muito mas mesmo muito feliz!

E aqui fica a lembrança do meu pôr do sol em Capri...





Sem comentários