Fazer a escrita fazer sentido

[Ler a ouvir: Ben Howard | Only Love]

Lá estou eu outra vez naquela fase em que parece que a inspiração se varreu dos meus dias e que dá a sensação que o blog está vazio de atenção e que não sei bem sobre o que escrever.
Mas não é bem assim… é estranho, porque há ideias a fervilhar por aqui, textos que começaram a ser escritos mas que acabam por não ser concluídos e são parte de qualquer coisa maior, textos que só preciso reler para terem a sua história, textos que às vezes só precisam de ser reescritos para fazerem sentido, textos que têm tudo mas que por qualquer motivo, aparentemente mais urgente, acabaram por não ir para o “ar”.
Às vezes, pode parecer, mas não falta a vontade para fazer acontecer, falta só uma qualquer coisa simples para que o imperfeito se torne perfeito e a escrita faça sentido!
Às vezes falta [mesmo] investir, um pouco, naquele amor que pomos nas coisas que nos fazem felizes!


Sem comentários