Água pela Barba


Um dia fui ao Isco, ao restaurante que ficava ali na Rua do Almada na Bica, que fazia lembrar uma casa de pescadores, com as bóias e as redes nas paredes, onde se comia bem e o ambiente era descontraído. Um dia quis repetir o Isco, não deu, fechou no entretanto para dar lugar ao Água pela Barba, uma tasca de aspecto mais moderno mas ainda assim ligada ao mar. Talvez por ter gostado tanto do seu antecessor este novo restaurante estava na minha lista de locais a experimentar. Demorou mas valeu a pena a espera.
Apesar de não ser um espaço grande é ideal para se ir com amigos, para assim se puder dar vida ao conceito de partilhar, é que apesar de a ementa não ser muito extensa deixa-nos na dúvida sobre que escolhas fazer já que todos os pratos indicam ter uma agradável mistura de sabores.
Como a ideia era experimentar ao máximo acabámos por nos focar na primeira parte da ementa e fazer a refeição à base de "Miudezas" que tinham em seres vivos do mar o elemento central, assim foi possível experimentar o Ceviche misto, o Tiradito de atum, o Taco de peixe frito, o Salmão da horta, as Pataniscas de bacalhau e a Sapateira no pão [cada um melhor que o outro] e como não podia deixar de ser numa mesa portuguesa, o pão, crocante e estaladiço, a fazer esquecer possíveis dietas já que veio para a mesa várias vezes. A acompanhar vinho branco para combinar com o sabor a mar e o calor que se fazia sentir. Só não experimentei as sobremesas, confesso que nenhuma me pareceu ser merecedora do prémio terminar a refeição em grande, apesar de dizerem que as Canilhas são o ex-libris da casa.
O restaurante funciona em regime de dois turnos, algo que não aprecio, mas que é cada vez mais uma realidade, e apesar de chegarmos com meia hora de atraso, todo o serviço correu sob rodas, sem pressas, sem qualquer pressão e terminamos a refeição a tempo de ceder a mesa aos próximos.

Se tinha gostado do Isco e fiquei com pena por ter fechado, fico contente por ter sido substituído por um sítio igualmente bom, onde sentimos que vale a pena cada cêntimo que pagamos para ter uma refeição que nos dá vontade de repetir!


Sem comentários