Espero-te... Setembro

[Ler a ouvir: Ed Sheeran - Galway Girl]

Em Agosto simplesmente não deu, não deu porque foi difícil parar, não deu porque não havia inspiração para as palavras e por isso combinando as duas coisa é fácil perceber que não deu porque às vezes é preciso viver e o mais importante nem sempre é escrever.
Mas Agosto foi um mês repleto, de partilhas esperadas e inesperadas, de descoberta de novos lugares onde foi fácil perder a respiração, foi mês de uma alegria imensa por trazer nova vida e reavivar outras vidas.


Mas hoje começa o meu mês, repito vezes sem conta, que é o mês que mais gosto, que é o mês mais especial (vá junho e dezembro também são especiais), mas este mês tem um gosto especial a Vida.
Normalmente, Setembro é o mês da rentree, dos novos planos e das novas rotinas, mas este ano será diferente, será um mês cheio e por isso adiam-se decisões, adia-se o "a partir de agora vou mudar isto e aquilo e vou fazer A e B", adia-se o que se pode adiar e vive-se aquilo que se escolheu viver neste momento.
Setembro vais ser especial, eu sei, vais ficar na memória, tenho a certeza, vais dar-me muitas alegrias, sem dúvida.
Setembro espero-te como te esperei sempre mas com a certeza absoluta de que me farás imensamente feliz e farás também muito felizes aqueles que são o meu porto de abrigo.
Setembro sei-te importante e por isso vem ;)

Sem comentários