Gazpaxo, um segredo mínimo

Espero que seja um dos segredos mais bem guardado de Lisboa e que não existam muitas pessoas a ler este post. Mas na verdade, este lugar merece ser partilhado, porque proporciona uma experiência gastronómica daquelas dignas de registo, ou seja, uma refeição saborosa, num espaço original onde o atendimento é cinco estrelas.


Falo de um pequeno comedor, o Gazpaxo no Saldanha, e se não quero torná-lo demasiado conhecido, é porque só tem 10 lugares sentados, o que faz com que só no momento em que chego à porta possa dizer com alegria e alívio: temos mesa!
A carta não é extensa e provavelmente já provei tudo, mas recomendo começar com os nachos com um triplo dip, em seguida o escolher o Tártaro de salmão, um prato fresco servido em cima de esparguete de curgete, que torna saborosa uma combinação que não estaríamos à espera, de seguida é avançar para a Quesadilla de pollo, que é imperdível para quem gosta de queijo, e por fim há que nos render aos tacos, sendo que os meus favoritos são os de camarão e os de cerdo. Para acompanhar, sempre, uma Coronita.





























Na cozinha, mínima, e à vista de todos, move-se apenas uma pessoa que prepara a refeição e que é a mesma que assegura todos o atendimento sempre com a maior simpatia e disponibilidade.
Para além de a relação qualidade preço ser boa ainda tem a vantagem de ser Zomato Gold e acho que só aqui já paguei o investimento que fiz.

Vai até lá e experimenta, desfruta do sítio e não tenhas medo do porco que paira sobre a tua cabeça enquanto almoças, certamente sempre que olhares para ele vais lembrar-te da célebre frase do Rei Leão: "Chamem-me Senhor Porco!"



1 comentário